Notícias

15/07/2021

Com sensores IoT, ATMs da Diebold Nixdorf permitem monitoramento em tempo real e manutenção preventiva

Com sensores IoT, ATMs da Diebold Nixdorf permitem monitoramento em tempo real e manutenção preventiva

A Diebold Nixdorf está usando recursos de internet das coisas (IoT) para viabilizar uma estratégia de manutenção preventiva dos caixas eletrônicos (ATM). Gerenciados pelo sistema AllConnect Data Engine (ACDE), um sistema de análise inteligente que combina elementos como Internet das Coisas (IoT), históricos de atendimento e aprendizado de máquina (ML), os equipamentos permitem o monitoramento remoto e viabilizam processos de manutenção preventiva.

Disponibilizado na forma de serviço pela Diebold Nixdorf, o sistema tem como objetivo aprender a prever e mitigar possíveis ameaças ou falhas que possam atrapalhar o correto funcionamento dos equipamentos de autoatendimento bancário. Para isso, o ACDE conta com sensores estrategicamente instalados em pontos-chaves dentro das máquinas e uma ampla base de dados, com histórico de incidentes e processos de manutenção realizados por técnicos em todo o ecossistema global de atendimento da Diebold Nixdorf.

O sistema mescla tecnologias como IoT, big data e machine Learning, cruza e identifica padrões de dados que permitem antecipar potenciais incidentes ou, ainda, maximizar o processo de atendimento a um chamado.

‘Garantir que o autoatendimento esteja funcionando é extremamente importante para os bancos. Além disto, o sistema faz a gestão de numerário, evitando o deslocamento desnecessário para abastecimento de moeda nos caixas eletrônicos’, afirma Victor Borges, diretor de serviços da Diebold Nixdorf no Brasil.

Como benefício da plataforma, Borges enfatiza que os bancos reduzem a substituição desnecessária de peças dos ATMs, além de reduzirem o deslocamento de equipes. ‘A inovação trazida pelo ACDE torna possível o monitoramento efetivo do desempenho das máquinas, avaliando em tempo real os componentes mais suscetíveis a falhas’, afirma.

O sistema emite alarmes quando um determinado item ou peça apresenta um padrão crítico. Isso significa a chance de realizarmos o suporte proativo e manter a disponibilidade do ATM, antes mesmo que um chamado seja aberto. Caso um alerta aconteça, os dados referentes à máquina são enviados diretamente aos técnicos responsáveis pelo atendimento na região, simplificando assim o processo de reparo das redes.

O envio de dados aos técnicos é outro diferencial da solução. Quando o técnico precisa reparar um equipamento, o AllConnect Data Engine envia automaticamente para o celular do profissional todas as informações que ele precisará para fazer o reparo. Por exemplo: o sistema mostra quanto tempo, em média, esse atendimento levará, qual peça geralmente precisa ser trocada e como este procedimento deverá ser feito.

 

Clique aqui para acessar a reportagem.

 

Contato para imprensa:

diebold@planin.com

andre@planin.com

Últimas notícias

Entre em contato com nosso time

Eu quero